Você está aqui: Página Inicial

O Programa de Pós-Graduação em Agroecologia e Desenvolvimento Rural (PPGADR) do Centro de Ciências Agrárias foi criado em 2006.

O curso foi recomendado pelo Conselho Técnico Científico (CTC) da CAPES/MEC na sua reunião de 13 a 15 de setembro de 2005 e homologado pelo Conselho Nacional de Educação (CNE)/MEC, por meio da Portaria 679, Parecer 474/2005, de 15/03/2006, publicada no DOU EM 16/03/06 e aprovado em 16/12/2005 pelo Conselho Universitário da UFSCar, Resolução 508.

O objetivo do curso é a introdução de uma outra perspectiva em relação à produção de alimentos, além da avaliação de agroecossistemas sustentáveis baseados nos conceitos e ferramentas utilizadas pela Agroecologia, a qual incorpora as áreas de conhecimento da Ecologia, Agronomia, Economia e Sociologia, passando pelas questões relacionadas às estratégias alternativas de desenvolvimento rural e suas perspectivas políticas.

Desde a década de 50 a adoção em nível mundial do modelo de produção agrícola baseado em monoculturas de sementes melhoradas geneticamente e altamente exigentes em insumos agroquímicos tem provocado uma série de problemas sociais e ambientais no setor, bem como críticas em relação à qualidade nutricional dos alimentos e suas conseqüências para a saúde dos consumidores.

Atualmente, no mercado de trabalho, se observa uma crescente necessidade de profissionais com formação interdisciplinar para atuar em órgãos públicos, privados e do terceiro setor em atividades relacionadas à sustentabilidade dos agroecossistemas, vista como resultante da ação conjunta dos fatores ambientais e sócio econômicos, que são a base para um desenvolvimento sustentável. Nesse sentido, o aluno formado pelo curso deverá ser capaz de integrar estes diferentes saberes e competências por meio da utilização de instrumentos teórico-metodológicos e práticos.

Estas condições são essenciais para a formação interdisciplinar dentro do objetivo de contribuir para o desenvolvimento e consolidação de atividades de ensino, pesquisa e extensão, na temática da sustentabilidade dos agroecossistemas e a partir das interrelações dos fatores ambientais e sócio-econômicos.

Portanto pretende-se formar profissionais comprometidos com o entendimento e aplicação de conceitos e métodos adotados pela Agroecologia, enquanto dimensões fundamentais da agricultura sustentável e dotados de uma efetiva base científica e técnica para uma visão integrada e de natureza interdisciplinar na busca do desenvolvimento rural sustentável. Os alunos devem ser capazes de produzir e difundir o conhecimento científico e o desenvolvimento de manejo agroecológico e qualificados para consolidar e avançar os conhecimentos disponíveis, contribuindo diretamente em nível científico e, indiretamente, em níveis político, econômico, sociocultural e ambiental para a implantação de sistemas agroecológico de produção agropecuária.

Esses profissionais serão habilitados para formulação, planejamento e execução de políticas públicas e de desenvolvolvimento rural que visem o desenvolvimento socioeconômico-ambiental, nos vários níveis geográficos – local, regional estadual e local.- voltadas principalmente à agricultura de base familiar.

« Abril 2017 »
Abril
DoSeTeQuQuSeSa
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30